centro coordenador de apoio parental
 
 
 
Cultura

Sendo a cultura também importante na formação dos indivíduos e no desenvolvimento das comunidades, o CCAP, instalado na Casa da Cultura de Lourosa, promove e dinamiza, no seu espaço, várias iniciativas culturais compatíveis com as suas próprias atividades. Deste modo, disponibiliza a todos os agentes educativos um espaço onde podem expor recriações artísticas e apresentar eventos culturais.

Actividades
Exposição 100 Anos de Ensino em Lourosa
 
O Ciclo Memórias de uma Comunidade, promovido pela FAPFEIRA, inicia-se no próximo dia 10, com a exposição da recolha de documentos sobre mais de 100 anos da história do ensino em Lourosa, numa pesquisa coordenada por Rosa Silva.
E porque o Centro Coordenador de Apoio Parental da FAPFEIRA está instalado nas Escolas Oficiais D. Margarida Granja, uma das primeiras escolas primárias do concelho, a FAPFEIRA associa-se às comemorações da elevação de Lourosa a cidade e convida todos os que tenham memória do ensino nesta comunidade a participar com os seus registos documentais e a visitarem a exposição.
Exposição OS NOSSOS RETRATOS NA HISTÓRIA DA ARTE
“Os Nossos Retratos na História da Arte“ foi o tema da exposição patente na Galeria do Centro Coordenador de Apoio Parental (CCAP) da FAPFEIRA, de 6 a 20 de março, com trabalhos de pintura dos alunos finalistas de Artes Visuais do Colégio Liceal de Santa Maria de Lamas, que convidaram o espetador a fazer uma viagem pelo mundo da História da Arte, em retratos representados nas obras mais emblemáticas dos movimentos artísticos do século XVI, XX e XXI, esboçando os diferentes percursos estéticos e sociais. 
35 SENTIDOS - Exposição dos alunos de Artes Visuais da EB 2.3. e Secundária Coelho e Castro
35 SENTIDOS mostrou trabalhos de pintura dos alunos e os seus olhares sobre aproximações/interpretações de artistas plásticos nacionais.
A exposição esteve integrada nas Cíclicas d´Arte da escola Básica e Secundária Coelho e Castro, permitindo aos alunos expandir o seu trabalho para outras paragens, “espelhando outros tantos olhares". 
Felicidade numa Tela - Exposição
A partir de telas de pintura usadas e cedidas por alguns pintores, as crianças que frequentaram o CAF (Componente de Apoio à Família) da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira durante as férias de Natal “reciclaram” os seus conteúdos, transformando-os em imagens de FELICIDADE.
Integrado no plano anual de atividades, este é um dos valores que as crianças do 1º ciclo vão desenvolver ao longo do ano letivo.
O resultado deste projeto de expressão artística, promovido pela FAPFEIRA e pelo Grande Sábio, que gere o CAF, foi desenvolvido por alunos do 1º ciclo de 16 escolas do concelho onde o CAF decorre e poderá ser visitada até ao dia 28 de janeiro, de 2ª a 6ª feira, das 10h às 13h e das 14h às 19h, no CCAP, na Avenida Principal, 3120, em Lourosa (EN1). 
Exposição Pintura & Artefactos
Pintura & Artefactos foi o tema da exposição de Milay, inaugurada na Galeria do Centro Coordenador de Apoio Parental (CCAP) da FAPFEIRA, no dia 16 de dezembro.
A artista expôs pintura, trabalhos manuais decorativos e bordados que tem vindo a desenvolver ao longo da sua carreira.
Milay é natural de Argoncilhe. Estudou na Escola Industrial e Comercial de Vila Nova de Gaia e seguiu Artes na Universidade Aberta, em Lisboa.
Foi professora de trabalhos manuais em várias escolas e é formadora certificada em várias instituições e centros de formação.
Em 2003 fundou uma associação de artesanato em Argoncilhe, onde continua a ensinar. 
Milay marcou presença em várias exposições individuais e coletivas e participou no "Projeto Delfim", no âmbito do qual elaborou um manual e um vídeo sobre pintura em seda e decoração de peças de barro e de vidro. 
 Atualmente é formadora num ateliê de pintura.

Exposição CAO´s...arte dos Centros de Atividades Ocupacionais da Casa Ozanam,CerciFeira e Cerci-Lamas
CAO’s ... arte foi o mote da exposição patente na Galeria do Centro Coordenador de Apoio Parental da FAPFEIRA até ao dia 6 de novembro.
Os Centros de Atividades Ocupacionais (CAO) da Casa Ozanam, da CerciFeira e da Cerci-Lamas mostraram trabalhos dos seus clientes, numa instalação orientada pelo pintor António Honório, CAOsando outros olhares sobre as secretas dimensões artísticas de um ser humano com deficiência mental.
Os CAO’s acolhem adultos com deficiência mental grave ou profunda, promovendo o desenvolvimento pessoal e a inclusão social em todas as suas dimensões. Ali, desenvolvem-se programas de índole artística, desportiva e de participação social e ateliês de manualidade, como de artefactos em pele, bordados e pintura.

Exposição de Fotografia Projeto RIBEIRAS COM VIDA - Agência Nacional Ciência Viva/Concurso Pais com a Ciência
A exposição mostrou imagens de momentos captados durante a implementação do Projeto RiBEIRAS COM VIDA- Agência Nacional Ciência Viva, promovido pela Associação de Pais e Encarregados de Educação da EB 2.3. e Secundária Coelho e Castro, no âmbito do Concurso Pais com a Ciência.
Na sua itinerância, a exposição já percorreu o Passadiço das Ribeiras e a sede do Agrupamento, mostrando toda a beleza daquela zona verde e sua flora, saídas de campo de alunos e professores e intervenções dos alunos do Curso de Animação Sociocultural e do Projeto Alquimia. Desta forma, a mostra inicia um périplo pelo concelho, a partir do Centro Coordenador de Apoio Parental da FAPFEIRA.
Exposição dos Alunos Finalistas do Curso de Artes Visuais do Colégio Liceal de Santa Maria de Lamas
 
Nesta mostra, foram expostos trabalhos de vários alunos finalistas do Curso de Artes Visuais do Colégio Liceal de Santa Maria de Lamas, “aspirantes a um grande futuro”.
Os jovens artistas expuseram um conjunto de trabalhos e desenhos, “em técnicas e materiais que colidem em folhas de papel, onde lápis de cor se unem ao pastel de óleo e as aguarelas explodem em luminosidades”.

ColoRus
ColoRus mostrou os trabalhos de pintura, desenho e fotografia de duas artistas plásticas/docentes de Santa Maria de Lamas, integrados em projetos que têm vindo a desenvolver nos últimos anos nestas áreas:  Pim e Peach&Pie Photography.
Sobre as artistas:
Margarida Canastro é natural de Santa Maria de Lamas.
Professora de Educação Visual e Tecnológica, sempre direcionou particular atenção para a Pintura e o Desenho. Apaixonada por Fotografia, é uma das fundadoras da dupla Peach&Pie Photography. 
Com gosto por tudo o que é criativo, emocional e dinâmico, abraça há mais de um ano, como Dj, o projeto Gajas com EstiLHo, que dinamiza diversos espaços do concelho. Esta dupla de Dj’s dá a conhecer o que de melhor se faz na música, tanto a nível nacional como internacional. 
Integra a direção da Associação Lamas Movediças, promovendo, de forma constante, a partilha de tudo o que está relacionado com a cultura.
Na área plástica, a pincelada forte e texturada, o uso de cores vigorosas e as personagens do imaginário fantasioso identificam o estilo que tanto a caracteriza e distingue os seus trabalhos.
Xana Monteiro é residente em Santa Maria da Lamas.
Professora de Educação Visual e Tecnológica, frequentou o curso de Pintura na Escola Superior Artística do Porto (ESAP), que lhe permitiu direcionar a sua carreira plástica para a Ilustração.
Criativa, proativa e apaixonada por Fotografia, é uma das fundadoras da dupla Peach&Pie Photography. 
Colabora, como fotógrafa e repórter, com a revista Fenther.net. Diogo Infante, João Gil, Teatro Nacional de São Carlos, Companhia Chapitô, Casa da Criatividade de São João da Madeira, Prana, Casa da Música, Meo Imaginarius, B Fachada, Plano B, Matt Elliott, Maus Hábitos, Serralves em Festa e NOS Primavera Sound são alguns dos alvos das suas reportagens.
A solo, criou o projeto Pim Ilustração que abraça as áreas do desenho, da pintura, da ilustração e da fotografia, que tem como identidade a técnica de aguarela e marcador, com figuras esguias e texturas várias que têm deixado marca distinta na atualidade.

3.ª Exposição do Ciclo AgrupARTE
No dia 16 de maio, o CCAP inaugurou a 3ª Exposição do Ciclo AgrupARTE.
Com esta mostra, o CCAP revelou trabalhos nas áreas da pintura, artes gráficas, escultura e outros desenvolvidos por professores de Agrupamentos de Escolas do concelho de Santa Maria da Feira. Desta feita, e ao longo de três semanas, as professoras Rosário Cruz, Marlene Alves e Cláudia Baptista, do Agrupamento de Escolas António Alves Amorim - Lourosa, mostraram à comunidade seu lado mais criativo.
Rosário Cruz é natural da freguesia de Foz do Douro, concelho do Porto. É licenciada em Artes Plásticas/Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Expôs individual e coletivamente e é professora de Artes Visuais do Ensino Básico, no Agrupamento de Escolas António Alves Amorim-Lourosa, onde leciona as disciplinas de Educação Visual, Expressões Visuais e Atelier de Artes do 3º Ciclo.
Maria Marlene Alves é natural de Caracas, Venezuela. Leciona Educação Visual e Educação Tecnológica no Agrupamento de Escolas António Alves Amorim-Lourosa. Tem licenciatura no Ensino Básico, Variante de Educação Visual, e pós-graduação em Design e Marketing pela Universidade do Minho. Desde 1992, expõe coletivamente pintura, gravura, escultura, fotografia e tapeçaria artística.
Cláudia Baptista é natural de Fiães. É licenciada em Arquitetura pela Escola Superior de Arquitetura do Porto. Docente da disciplina de Artes Plásticas no Agrupamento de Escolas António Alves Amorim, Lourosa, participou na decoração e montagem Cenográfica do primeiro Terra dos Sonhos/Feira Viva e foi responsável pelo guarda roupa da companhia de teatro Pippo Delbono, na 6ª edição Imaginarius.
2.º Ciclo de Exposições AgrupARTE
No dia 2 de abril foi inaugurada a segunda exposição do ciclo AgrupARTE no CCAP. divulgando os trabalhos nas áreas da pintura, artes gráficas, escultura e outros desenvolvidos por professores de Agrupamentos de Escolas do concelho.
Depois dos Agrupamentos de Paços de Brandão e Coelho e Castro, de Fiães, ao longo de duas semanas, o CCAP mostrou os trabalhos dos professores Carlos Fernando da Rosa Cancelinha e de Margarida Coelho, do Colégio de Santa Maria de Lamas. 
Carlos Fernando da Rosa Cancelinha é professor de Desenho e Oficina de Artes no Colégio Liceal de Santa Maria de Lamas. É natural de Vilarandelo, concelho de Valpaços, e reside em Vila Nova de Gaia.
Frequentou o Curso Superior de Pintura pela Escola Superior Artística do Porto e é licenciado em Design Industrial pela Escola Superior de Arte e Design. Fez estágio de gravura e litografia na Académie Royal de Beaux-Arts de Liège, Bélgica, em 1988 e 1992, e é diplomado em Estudos Avançados de Suficiência Investigadora no programa Modos de Conhecimento na Prática Artística Contemporânea, pela Universidade de Vigo (1995).
Em 1996 recebeu o Prémio de Edição, na V Bienal de Gravura da Amadora; em 2004, a Menção Honrosa em Artes, Podium 2003, em Ribeira de Pena.
Da sua participação ilustrativa consta, em 1996, na GLOCAIS - textos e ilustrações de autores de língua portuguesa –, e no âmbito da MANIFesta/96. Expõe individual e coletivamente desde 1990.
Margarida Coelho é professora do Curso de Artes Visuais do Ensino Secundário e orientadora do Atelier de Gravura, no Colégio Liceal de Santa Maria de Lamas, de onde é natural.
Frequentou o Curso Superior de Pintura da Escola Superior Artística do Porto (1989), o Curso Livre de Gravura na Artística, no Porto (1990), e é Mestrada em Artes Plásticas Visuais e do Espaço, opção Gravura, pela Academie Royal des Beaux Arts de Liége, Bélgica (1991/1995).
Foi a criadora da imagem das marionetas “No tempo dos Afonsinhos”, série lançada pela RTP, da autoria e coordenação de João Paulo Seara Cardoso (1990).
Em 1995 foi agraciada com o Prémio Vandormel - prémio de mérito académico. Entre 1991 e 1996, participou no Projeto “La Poupée D´encre”, do Atelier da Gravura da Academie Royal des Beaux Arts de Liége.
Expõe individualmente e coletivamente desde 1988.
1.º Ciclo de Exposições AgrupARTE
AgrupARTE é um ciclo de exposições de trabalhos nas áreas da pintura, artes gráficas e escultura desenvolvidos por professores de Agrupamentos de Escolas do concelho de Santa Maria da Feira, que mostram o que fazem no campo das artes plásticas.
Mostra-se no Centro Coordenador de Apoio parental (CCAP) da FAPFEIRA desde 12 de março de 2014, a data que marcou o início dos trabalhos do CCAP. 
António Honório Rodrigues é natural de Macieira de Cambra e reside em Paços Brandão. Licenciado em Artes Plásticas, frequentou a escola de artes decorativas António Arroio, pintura na ESBAL/Lisboa, desenho na ESAP/Porto e área da ilustração científica na UA/Aveiro. Foi professor na ESAP nos cursos de desenho e pintura. Atualmente é professor de Educação Visual no Agrupamento de Escolas de Paços de Brandão e desenvolve trabalhos nas áreas do desenho, pintura, escultura, gravura e ilustração científica. Fundou e dirigiu a Galeria de Arte Honório Rodrigues em Vale de Cambra, 1996. Expõe individualmente e coletivamente desde 1982. É membro fundador da Aquamuseu do Rio Minho, em Vila Nova de Cerveira.
Helena Veloso é natural de Vila Real e vive em Vila Nova de Gaia. É licenciada em Design de Comunicação e Artes Gráficas pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, co-autora de manuais escolares de Educação Visual e Tecnológica publicados em Portugal e Moçambique, autora de ilustrações no campo da literatura infanto-juvenil, professora de pintura de aguarela na Academia Sénior de Gaia e professora do ensino básico e secundário de Artes Visuais, no Agrupamento de Escolas Coelho e Castro, em Fiães. Desenvolve trabalhos no âmbito das Artes Gráficas e Design, em colaboração com empresas privadas. Expõe individualmente e coletivamente desde 1987.
© 2014 Fapfeira, Todos os direitos reservados  -  Política de Privacidade e Cookies  |  Fapfeira.pt  |  Arquivo  -  desenvolvido por aRlo